Assisti Yuri!!! on Ice

…e não estou conseguindo superar, sério. Mas, vamos por partes.

Em um feriado, sem vontade de fazer nada da vida, resolvi deixar os livros do mestrado de lado por um tempo e assistir um anime que há muito estava na minha lista, o Yuri!!! on Ice (ユーリ!!! on ICE). Lançado em outubro de 2016, aproveitei a conta no Crunchyroll para assistir os 12 episódios do anime do estúdio MAPPA em sequência. Vem comigo conferir, lembrando que podem existir pequenos spoilers durante o texto.

Yuri, o melhor patinador do Japão

Um Yuri confiante e… sedutor!

Logo no início conhecemos Yuri Katsuki, um patinador de 23 anos que chega até as finais mundiais de patinação no gelo, sendo o melhor patinador japonês, mesmo que ele não se veja desta forma. Entendemos, então, que Yuri é muito pouco confiante e, apesar de amar a patinação, ele não sente que um dia conseguirá se igualar ao patinador que o fez sonhar em também ser um, o russo Victor Nikiforov, de 27 anos.

Após ficar em último lugar entre os 6 finalistas do mundial de patinação, Yuri resolve voltar ao Japão e passar um tempo com sua família, sem saber o que fazer de sua carreira. Lá, ele volta a treinar ballet e utilizar o rinque de patinação em que treinava desde criança. Num destes treinos, ele imita perfeitamente uma das performances de Victor e é secretamente filmado. O vídeo é colocado na internet, onde o próprio Victor assiste.

Para surpresa de absolutamente todos, Victor resolve dar uma pausa em sua carreira de patinador para se tornar o treinador de Yuri, indo viver com ele nas termas de sua família no Japão. É aí que começam os treinos e competições que Yuri participa durante os próximos 11 episódios da série, onde conhece novos sentimentos, novos colegas de profissão e novos desafios.

Há uma série de personagens interessantes fora Yuri e Victor, como o antagonista, que não é bem exatamente um, Yuri Plisetsky, um patinador russo de 15 anos que ambiciona ser treinado por Victor, seu ídolo. Outros patinadores também aparecem e são bem trabalhados, com seus medos, suas histórias de vida e superação, e acabamos gostando de cada um deles por diferentes motivos.

Muito mais que um anime de esporte

Um Yuri preocupado e Victor sendo, bem, Victor.

Animes de esporte andam super em alta, não é mesmo? Eu tinha um bocado de preconceito (também não sou muito fã de esportes nem na vida real), mas desde que li Kuroko no Basket minha percepção sobre este tipo de história muito drasticamente.

Yuri!!! on Ice é, antes de mais nada, um anime de esporte, que fala sobre a patinação artística no gelo, explicando suas formas de avaliação, suas competições e tudo mais. Vi por aí que ele foi muito elogiado pela precisão de informações e também nas coreografias, cujas animações foram muito boas.

Por outro lado, o anime não é apenas isto. É também uma história sobre o descobrimento de uma confiança que sempre esteve lá, mas nunca foi notada: Yuri não confia em si mesmo e nem em todas as pessoas que estão à sua volta, torcendo para que ele seja feliz. Junto com Viktor, ele descobre um lado de si que pensava não existir e também aprende o que é o amor.

Neste sentido, Yuri!!! on Ice pode ser considerado um BL (boys love) bem sutil. Podemos observar que a relação entre Yuri e Victor evolui de admiração para companheirismo e, a partir disso, existe uma ligação mais forte que se desenvolve a ponto de ambos não quererem se separar. Existe até um beijo encoberto por um braço (apesar de existirem controvérsias, eu vi como um beijo), troca de alianças, algumas piadinhas partindo do próprio Victor, mas nunca vemos nada mais claro do que isso, o que imagino que sirva para que várias audiências possam assistir sem se incomodarem com este tipo de relação. Vai entender.


Devo dizer que entendi porque houve todo um hype em cima de Yuri!!! on Ice lá nos finais de 2016. É sim um anime muito bom, independente se você considerar a existência do romance ou não. Inclusive, eu diria que é um bom anime de entrada para o gênero, daquele tipo para indicar para os amigos que não curtem romances e também para quem – assim como eu tinha – possui preconceitos com animes de esporte.

A verdade é que ainda não superei o final do anime. Queria desesperadamente que existisse uma segunda temporada (boatos de que uma existiria e seria lançada em outubro deste ano chegaram a circular), mas um filme foi anunciado em abril deste ano, só não existem mais informações acerca de seu lançamento ainda. Então as esperanças não se perderam.

E vocês? Assistiram Yuri!!! on Ice? Gostaram? Me contem nos comentários, estou louca para falar sobre o anime! Haha!

boys love esporte recomendação romance

Deixe uma resposta