K-drama Pinocchio

Hoje trago para vocês uma indicação de k-drama, espero que curtam!

Tenho assistido alguns k-dramas (novelas coreanas, sabem?), e fazia muito tempo – talvez desde Secret Garden – que eu não gostava tanto assim de um. A sinopse me fez acreditar que este drama de 2014 seria uma comédia romântica (talvez o tipo mais comum e popular), mas o foco é, de longe, o romance. Choi In Ha (Park Shin Hye) possui a síndrome de Pinóquio, que no drama significa que se ela mentir vai começar a soluçar, e todo mundo saberá que ela está mentindo. Na vida real, esta síndrome faz com que a pessoa minta compulsivamente, e não tenha as reações naturais que temos quando mentimos. Pensei que o foco da história seria a doença de In Ha, mas na verdade a história de Choi Dal Po (Lee Jong Suk) é muito mais importante e guia toda a história do drama. Dal Po perdeu seu pai, um bombeiro prestigiado, durante um incêndio, mas, em vez da imprensa focar na causa do acidente e possíveis culpados, eles resolvem acusar o bombeiro de ter deixado todos os seus companheiros morrerem lá dentro.

A partir disso a família de Dal Po desmorona, seu irmão se vê sozinho acreditando que sua mãe se suicidou levando Dal Po com ela. Porém, ele sobrevive morando junto com o homem que o salvou e sua família, composta do filho de seu salvador, e neta, que é a In Ha. Crescendo juntos, Dal Po descobre que a mãe de In Ha é a repórter que destruiu sua família fazendo acusações contra seu pai, através de reportagens direcionando a atenção das pessoas para o bombeiro. Dal Po, em determinado momento, se apaixona por In Ha e ambos se tornam repórteres quando adultos, começando uma trama de investigação, revelações, alegrias e tristezas para Dal Po, In Ha e sua família.

O que me chamou a atenção inicialmente neste drama foi a sequência do incêndio que matou o pai de Dal Po. As cenas ficaram realmente boas, já havia visto cenas de incêncdio em outros dramas, mas nada que se compare a estas. Senti como se estivesse vendo um filme, realmente muito bom. A qualidade do drama está bem alta e a trilha sonora não me marcou tanto quanto em outros dramas, mas não posso dizer que está ruim, muito pelo contrário. Shin Hye e Jong Suk fizeram um par romântico com bastante química e ambos atuaram muito bem nesta história. Sou fã da Shin Hye há tempos, e ela nunca tinha atuado tão bem quanto nesta trama. Acredito que a personagem a ajudou e as interações com Jong Suk também fizeram sua parte.

Os mistérios da história me prenderam todo o tempo em que assisti os 20 episódios do drama. Mesmo depois de descobertos os culpados, ainda ficamos na apreensão sobre como eles serão derrubados e a justiça será feita. A resolução da história foi muito inteligente, não consigo achar um ponto negativo. E é por isto que estou deixando este drama como indicação para aqueles que já assistem e ainda não viram este, e também para quem nem sabia que isso existia até ler este post. Começar por Pinocchio é, sem dúvida, uma boa forma de se viciar em dramas asiáticos. Fiquem com o trailer a seguir e até a próxima!

 

coreia do sul drama recomendação

Deixe uma resposta