O que você precisa saber antes de adotar um hamster

Resolvi fazer um post compilando todas as informações que fui adquirindo desde que resolvi levar para casa meu primeiro pet totalmente meu. Eu queria muito criar um gato, mas ainda não tenho espaço para ter um, foi aí que meu namorado me lembrou de uma antiga paixão minha, os hamsters. Quem aí assistiu Hamtaro e ficou com vontade de ter um ham-ham também? Haha.

Passei um mês pesquisando antes de levar meu Boris para casa. Infelizmente, na época eu não conhecia ninguém que estivesse doando qualquer tipo de roedor, então acabei apelando para uma pet shop. E foi aí que eu percebi o quão desinformadas sobre hamsters são as pessoas, mesmo aquelas que tem os animais como fonte de renda.

Por isso, aí vai um pouco da minha história com o Boris, tudo o que aprendi e informações úteis para quem está com vontade de ter um bichinho.

IMG_20140812_170812

Hamsters não comem apenas sementes

E, na verdade, eles não devem comer sementes nem todo dia. Quando eu comprei o Boris (por incríveis R$15), ele era super pequenininho e a moça da pet shop me disse que eles comiam aquelas misturas de grãos, com sementes de girasol, grãos de trigo, de milho e outros tipos. Eu aceitei esta informação como verdadeira e não tinha lido nada contrário a isso na internet. Mas aí eu li sobre o estado dos grãos que são usados nessas misturas. Normalmente são grãos velhos, sobras do que não se vendeu para consumo humano. E, consequentemente, eles vem com bichinhos e estragam super rápido. Só acreditei definitivamente nestas informações quando vi com meus próprios olhos os bichinhos aparecendo no meio da mistura de grãos. Depois disso nunca mais dei esse tipo de comida para o Boris, agora ele como ração como comida principal, e às vezes ganha mini-cenouras, nozes e maçã.

O ideal não é variar muito a alimentação do seu hamster. Se você observar qualquer alteração na consistência das fezes deles, pode ser que haja algum problema na alimentação recente do seu amiguinho. Lembrando que hamsters costumam desenvolver câncer com muita facilidade, então cuide bem da alimentação dele. E lembre de dar água fresca todos os dias.

Se você quer ter mais de um hamster em uma mesma gaiola, tenha duas fêmeas

Hamsters são muito territorialistas. Muito, muito mesmo! Se você colocar dois hamsters machos em uma mesma gaiola a chance de acordar e encontrar apenas um e meio são realmente grandes. Eles brigam até a morte por espaço, e você não vai gostar do que vai ver, pode ter certeza. Outra coisa nada legal é ter um casal em uma mesma gaiola. Tive um casal de amigos que adotou um casal de hamsters anões russos e eles sentiram na pele o quão pouco fofinho pode ser ter um casal. O primeiro problema foram as múltiplas e seguidas gestações da fêmea. Se ela não morrer por ter muitos filhotes em seguida, ainda pode haver mais problemas, como ela comer os filhotes fracos para repor nutrientes, o macho comer filhotes por diferentes motivos, ou mesmo o macho e a fêmea brigarem (possivelmente até a morte) por causa de território e proteção dos filhotes, porque as mães ficam estressadas e tudo pode acontecer. Então, acredito que deu para perceber o porque não é legal ter um casal, não é? A solução, é claro, é ter os dois separados em duas gaiolas diferentes.

Se você não quiser ter o trabalho de limpar duas gaiolas, mas acha que seu amiguinho precisa de um companheiro, tenha duas fêmeas. As chances de elas brigarem é bem menor, mas saiba que sempre vão existir chances de elas não se darem bem. Seu hamster não precisa de companhia que nem outros animais, não tenha pena de ter um sozinho.

IMG_20150328_204605956

Hamsters precisam de espaço (nos dois sentidos!)

Pois é, continuando na linha do tópico anterior, lembre-se de que, além de gostar de ficar sozinho, seu hamster precisa de espaço. Uma daquelas gaiolas pequenas que costumam vender em petshops não vai ter o espaço suficiente para um hamster adulto. Elas servem, no máximo, para transportar seu hamster (o que também não é muito legal, eles não gostam muito de sair do seu território), então se lembre de adquirir uma gaiola de bom tamanho, de preferência com mais de um andar, equipada com tudo o que seu amiguinho vai precisar: bebedouro, pratinho para ração (item não obrigatório, eles não se importam em comer em qualquer lugar, na verdade a comida sempre vai estar mais fora do que dentro, mas é mais fácil de por a ração na gaiola com um pratinho), rodinha para exercícios (de tamanho adequado), serragem. É interessante ter itens próprios para hamsters roerem, já que os dentes deles nunca param de crescer e precisam ser gastos.

Algumas dicas rápidas

  • Não dê jornal para seu amiguinho, a tinta é tóxica e vai fazer mal a ele
  • Não coloque nada de tecido em volta da gaiola, mesmo se estiver frio, ele vai roer de pode se machucar com as fibras, seu hamster vai se aquecer com a serragem, no máximo coloque um rolinho de papel higiênico para ele brincar, roer e se esconder
  • Seu hamster não precisa passear, nem usar roupinhas, nem tomar banho (a não ser por recomendação veterinária)
  • Se você der um nome curto, de no máximo duas sílabas, ele pode aprender a atender pelo nome se você o recompensar com comida
  • Dá para ensinar truques para ele também com esse sistema de recompensas!

Existem muitas outras coisas a serem ditas, mas estas são as básicas para quem está pensando em ter um hamster. Também vale muito lembrar que, por mais que eles não dêem tanto trabalho quanto um gato ou um cachorro, você vai precisar limpar a gaiola com alguma frequência, dependendo do tamanho dela. A gaiola do meu Boris tem 3 andares, é bem espaçosa, então eu consigo passar umas duas ou três semanas sem limpar ela. Mas mais tempo do que isso não é legal, a gaiola vai feder e você vai precisar limpar de qualquer jeito.

Aproveitando para propagandear meu Instagram, onde tem vááárias fotos dos meus animais, haha. Me segue lá. :)

Até a próxima!

dicas hamster pet

Deixe uma resposta